Isolamento obrigatório com exceção para as relações comerciais previstas num Estado de Emergência

COVID-19

26-03-2020

/conteudos/PublishingImages/Noticias/ULS03-26%20at%2018.15.31.png

A Autoridade da Unidade de Saúde Pública da ULS Guarda enviou uma nota de esclarecimento ao comunicado do passado dia 24 de março que dava conta da obrigatoriedade de isolamento profilático de 14 dias para para cidadãos portugueses que regressem do estrangeiro ou de outras regiões o país. Medida tomada como mecanismo de resposta rápida perante a situação epidemiológica de infeção por COVID 19.




Nesta nova nota, a coordenadora de saúde, Ana Isabel Correia Viseu, esclarece que a medida “prevê a exceção genérica que permite a manutenção de relações comerciais e outras associadas a empresas não abrangidas pelo Estado de Emergência, de modo a garantir as cadeias de abastecimento fundamentais de bens e serviços essenciais para manutenção do regular funcionamento da sociedade”.
Leia este novo comunicado, na integra, aqui.


© Município da Guarda / 2020

Política de Privacidade e Política de Cookies.