Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

Carnaval é GuardaFolia - de 21 a 25 de fevereiro na Guarda

Cultura Turismo
10/02/2020
leitura do texto

Na Guarda, Carnaval é GuardaFolia, entre 21 e 25 de fevereiro o Município da Guarda volta a apostar num programa de animação de Carnaval genuinamente português que vai andar nas ruas da cidade mais alta. Um Carnaval com muita animação e cor que tem o seu auge de folia com o Desfile e Julgamento do Galo, no domingo Gordo (dia 23 de fevereiro).

Como habitualmente, fazem ainda parte do cartaz o Desfile Infantil, as Tabernas do Entrudo, a Fun Run e o espetáculo Casal da Treta, com Ana Bola e José Pedro Gomes.

Tudo começa no dia 21 (sexta-feira), a partir das 14h00, com o Desfile Infantil das escolas e jardins-de-infância do concelho que, pela primeira vez, tem início na Praça Luís de Camões e termino na Praça do Município. Um animado cortejo de perto de 2000 pessoas, entre crianças e professores, que vai encher as ruas da cidade de alegria e cor.

Já ao final da tarde de sexta (dia 21) é tempo de petiscar e conviver com os amigos nas Tabernas do Entrudo, instaladas na Alameda de Santo André. Para além da boa comida beirã: o bucho, a morcela, a chouriça e outros petiscos associados a esta época de folia, as Tabernas oferecem também animação diária por diferentes grupos, entre sexta e segunda (21 a 24). As Tabernas do Entrudo encerram dia 24 com um Baile de Carnaval, com início às 21h30, e um Concurso de Máscaras.

Para domingo de manhã (23 de fevereiro) está marcada a corrida mais divertida do ano, a Fun Run. (Increva-se aqui) A iniciativa tem partida prevista para as 11h30 na Praça do Município e terá, como habitualmente, um percurso citadino com 5 quilómetros de distância que poderá percorrer a andar ou a correr, sozinho ou com amigos. Para participar basta inscrever-se on line, no site do município, em equipa ou individualmente. Pelo caminho haverá obstáculos e, sobretudo, boa disposição. Aos participantes pede-se apenas que apareçam disfarçados.

Ainda no Domingo Gordo, dia 23, realiza-se a edição de 2020 do Desfile e Julgamento do Galo, como sempre o ponto alto da GuardaFolia, a partir das 16h30, junto à Alameda de Santo André. A iniciativa conta com a participação de 25 freguesias do concelho que, a cada ano que passa, melhoram em termos de originalidade, sátira e sobretudo no humor nas mensagens dos carros alegóricos.

A animação do Desfile, que envolverá entre músicos e foliões aproximadamente 1200 figurantes, estará a cargo dos Bombos Ida e Volta; Tocandar; Fanfarra NemFáNemFum; Bombos do Paul, Projeto EZ, Bandalhada, Peña Calimotxo e Nice Groove.

Como em todas as edições anteriores o cortejo termina na Praça Luís de Camões, onde decorrerá logo de seguida o 'Julgamento do Galo', um espetáculo que tem vindo a marcar a diferença nos Programas de Carnaval de todo o país recorrendo à sátira e ao humor num tom popular e inteligente. Uma iniciativa de grande envolvimento baseada em tradições populares e que tem na 'morte' do galo o seu auge.

E porque a época assim o exige e recomenda, espera-se originalidade e sobretudo muito humor e sátira no espetáculo final, que este ano constará de uma sátira às sociedades patriarcais que continuam a dar cabo do planeta por andarem a ver quem tem o “Cock” maior, sob a direção artística de Graeme Pulleyn, dramaturgia de Carlos Clara Gomes, com interpretação e assistência de encenação Emanuel Santos, Lisa Reis, Ricardo Augusto e Romulus Neagu.

Quanto ao protagonista, o vilão deste julgamento, o Galo do Entrudo, será criado, construído e manipulado por Vítor Freitas, apoiado na construção e manipulação por Bruno Moura e Fernando Merino, volta a sentar-se no banco dos réus acusado de todo o mal que assolou o mundo no ano que passou. Será pois julgado pelos seus pecados e atos inconsequentes e espera-se que seja condenado e morto pelo fogo em praça pública e assim cumprida a tradição do entrudo na Guarda.

Na cidade, a GuardaFolia termina segunda-feira, 24 de fevereiro, com a peça Casal da Treta, com Ana Bola e José Pedro Gomes, no Grande Auditório do TMG, às 21h30. Sendo que o programa festivo no concelho, encerra com a tradição do Enterro do Entrudo de Famalicão da Serra, dia 25 de fevereiro, às 20h30.

Programa - 21 a 25 de fevereiro

Sexta 21

Desfile Infantil | Praça do Município| 14h00 - Com início na Praça Luís de Camões

Sexta 21 a segunda 24 de fevereiro

Tabernas do Entrudo | Alameda de Santo André

Domingo 23 de fevereiro

Fun Run | Praça do Município | 11h00

Desfile e Julgamento do Galo|Início junto à Alameda de Santo André, até à Praça Luís de Camões | 16h30

Animação: Bombos Ida e Volta; Tocandar; Fanfarra NemFáNemFum; Bombos do Paul, Projeto EZ, Bandalhada, Peña Calimotxo e Nice Groove

Segunda 24 de fevereiro

Casal da Treta, com Ana Bola e José Pedro Gomes| Grande Auditório do TMG | 21h30

Terça 25 de fevereiro

Enterro do Entrudo | Famalicão da Serra |20h30

Programa das Tabernas

Abertura Sexta, dia 21 , às 17h30 com fanfarra e animação

Sábado, Domingo e Segunda, abertura às 11h00

Sexta 21 de fevereiro

Quim Roscas e Zeca Estacionâncio | 22h30

Baile Popular com Filipe Nunes O Arraiano | 23h30

Sábado 22 de fevereiro

Bando da Terra Velhinha | 16h30

Tiago Maroto |22h30

Renovação 3 | 23h30

Domingo 23 de fevereiro

Peña Kalimotxo | 19h30

Baile Popular com o Duo Evolution | 22h30

Segunda 24 de fevereiro

Beira Brass Band | 17h00

Baile com a Banda Anagrama e Concurso de Máscaras | 23h00

ENTRADA GRATUITA - RECINTO AQUECIDO - ESTACIONAMENTO GRATUITO NO PARQUE DO TMG

Desfile, Julgamento e Morte do Galo 2020

Julgamento e Morte do Galo na Guarda

O “Julgamento e Morte do Galo” insere-se nas manifestações populares de expiação, excesso, crítica e troça, de que também são exemplo os Caretos do nordeste transmontano ou o Pai Velho do Lindoso, entre muitos outros. Há nestas tradições um ponto em comum: a acutilante crítica social, mordaz e muitas vezes violenta, mas sempre purificadora. O fogo com a queima do elemento central da festa é o clímax e representa a efetiva renovação. O Galo expiará os pecados da sociedade, ardendo e representando a renovação da esperança. Estes rituais marcam o final do período de folia, aproximando-se assim a Quaresma, época de penitência e oração.

Na Guarda a reinvenção destas tradições teve início em 2001, com uma série de espetáculos de Carnaval que viriam a marcar a vida da Cidade e já se tornaram uma tradição. Apesar do frio habitual da época, as pessoas saem à rua para participarem num espetáculo de referência para a região. Trata-se efetivamente de um Carnaval verdadeiramente português, singular, com forte identidade e com um enorme potencial de visibilidade e promoção.

O desafio à participação das Freguesias iniciou-se em 2017 tendo resultado num conceito artístico inovador, com a participação da maioria das Juntas de Freguesia no 'Desfile e Julgamento do Galo', o momento mais alto e genuíno do programa. As freguesias dão corpo ao Desfile que se inicia na Alameda de Santo André em direção à Praça Luís de Camões, onde decorre o 'Julgamento do Galo', um espetáculo que tem vindo a marcar a diferença nos Programas de Carnaval de todo o país. Música, sátira e humor são os principais ingredientes desta manifestação cultural, que tem vindo a ganhar dimensão, tanto ao nível da participação massiva das gentes do concelho, como ao nível turístico, traduzindo-se num aumento significativo de turistas neste período Carnavalesco.

Ficha Artística e Técnica Julgamento e Morte do Galo

Direção artística: Graeme Pulleyn

Dramaturgia: Carlos Clara Gomes

Interpretação e assistência de encenação: Emanuel Santos, Lisa Reis, Ricardo Augusto e Romulus Neagu

Criação, construção e manipulação do Galo: Vítor Freitas

Apoio à construção e manipulação do Galo: Bruno Moura e Fernando Merino

Figurinos e adereços: Samantha Simões

Direção musical: Edgar Valente e Ricardo Coelho

Banda de cena: Gume

Direção técnica: Cristóvão Cunha

Direção de produção: Guida Rolo

Assistência de Produção e Direção de cena: Rita Bárbara

Produção Executiva: Câmara Municipal da Guarda

Com a participação especial de: Agostinho Silva; Albino Bárbara; Caroline Zeiler; Carlos Morgado; Catarina Flor; Emília Leitão; Pedro Leitão; Susana Aguiar; Vasco Varela; Sara Aliarca;

Agrupamento de Escolas Afonso de Albuquerque

Aquilo Teatro

Associação C. S e Recreativa da Sequeira

Centro Cultural da Guarda

Clube dos Amigos da Freguesia de Vila Fernando

Coro dos Anjos

Gonçalo Ativo Associação Cultural

Ficha Artística e Técnica Desfile das Freguesias

Freguesias participantes: Aldeia do Bispo; Aldeia Viçosa; Avelãs da Ribeira; Arrifana; Casal de Cinza; Castanheira; União de Freguesias da Corujeira e Trinta; Faia; Famalicão da Serra; Gonçalo; Gonçalo Bocas; Guarda; Jarmelo S. Miguel; Maçainhas; Marmeleiro; Panoias de Cima; Pera do Moço - Menoita; Santana da Azinha; Sobral da Serra; Vale de Estrela; Valhelhas; Vela; Videmonte; Vila Cortês do Mondego; Vila Garcia

Coordenação Musical do Desfile: Edgar Valente e Ricardo Ferreira

Carros Alegóricos: Bruno Miguel

Figurinos: Rosa Martins

Produção Executiva do Desfile das Freguesias: Câmara Municipal da Guarda

Divulgação, Comunicação e Imagem: Câmara Municipal da Guarda

Imagem: Carnaval é GuardaFolia - de 21 a 25 de fevereiro na Guarda