Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

Município deu início a limpeza em casas devolutas da Praça Velha e prepara projeto de requalificação

Cultura Segurança Urbanismo Economia e Inovação Informações e Serviços
12/11/2020
leitura do texto

O Município da Guarda arrancou há poucos dias com a limpeza das três casas degradadas adquiridas em setembro de 2019 pela autarquia, na Praça Luís de Camões (Praça Velha), situadas no coração e sala de visitas da cidade mais alta. Devido ao desabamento da cobertura dos imóveis, quer para o seu interior, quer para a via pública, tornou-se urgente a implementação de algumas medidas de intervenção, uma vez que os imóveis estavam em ruína eminente. A autarquia quer assim assegurar a segurança de transeuntes e dos edifícios vizinhos.

As limpezas englobam a remoção do entulho, vegetação e material do interior dos edifícios que vão do nº 36 ao nº 41, contíguos aos antigos Paços do Concelho, atual sede da Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela. As casas em questão ocupam uma área de 310 metros quadrados, sendo a área de construção de 380 metros quadrados.

A autarquia está já a trabalhar no projeto de requalificação daquele espaço que irá ter apreciação técnica da Direção Regional de Cultura do Centro. Com esta requalificação, a principal praça da cidade ficará de cara lavada e pronta para receber novos serviços públicos e privados. É que o Município da Guarda planeia concessionar o piso térreo (rés-do-chão) à iniciativa privada e aí instalar o Solar dos Sabores e ainda o Centro de Interpretação da Cultura Judaica e um espaço museológico. A Câmara da Guarda espera com esta iniciativa dar o exemplo aos privados e aumentar o poder atrativo daquela zona histórica da cidade da Guarda, contribuindo para a dinamização da economia local.

Imagem: Município deu início a limpeza em casas devolutas da Praça Velha e prepara projeto de requ