Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

E agora o Jazz! Guarda in Jazz em julho no TMG

Cultura Informações e Serviços
01/07/2021
leitura do texto

O festival internacional Guarda in Jazz regressa em 2021 após a paragem forçada pela pandemia em 2020. De 7 a 17 de julho o Teatro Municipal da Guarda é palco para um programa artístico diversificado, como já vem sendo marca do festival.

Músicos de sete nacionalidades diferentes e praticantes de estéticas que vão do jazz mais clássico, à fusão com pop, eletrónica, rock, clássica, tradicional e músicas do mundo compõem este cartaz eclético.

Para ver e ouvir no TMG: Ricardo Ribeiro dia 7 no Grande Auditório; David Helbock dia 8 no Pequeno Auditório; Hailey Tuck dia 9 no Pequeno Auditório; Mova Dreva dia 10 no Pequeno Auditório; Isabel Rato Quinteto, dia 15 no Pequeno Auditório; LBQ dia 16 no Café Concerto; e Antonio Faraò dia 17 no Pequeno Auditório.

Guarda in Jazz é um festival diferenciador nas tipologias de festivais de jazz nacionais.

PROGRAMA

7 – Quarta – Grande Auditório TMG

RICARDO RIBEIRO

RESPEITOSA MENTE

Considerada uma das melhores e mais versáteis vozes masculinas da sua geração do fado, Ricardo Ribeiro mostra, no entanto, ser um artista multifacetado, como bem comprova o seu último trabalho, 'Respeitosa Mente', com dois artistas de topo, como o pianista português de jazz João Paulo Esteves da Silva e o percussionista norte-americano Jarrod Cagwin. A voz carismática de Ricardo Ribeiro, as composições jazzísticas do piano de João Paulo Esteves da Silva e as percussões do mundo de Jarrod Cagwin conferem a este espetáculo uma qualidade musical invulgar.

Ricardo Ribeiro: Voz

João Paulo Esteve da Silva: Piano

Jarrod Cagwin: Percussões

----------------

8 – Quinta – Pequeno Auditório do TMG

DAVID HELBOCK

'RANDOM CONTROL'

O austríaco David Helbock, pianista, é vencedor por duas vezes do maior festival do mundo de jazz-piano-solo, o festival de Jazz de Montreux (Suíça), além de ter ganhado também o prémio da preferência do público. Os seus álbuns merecem menções honrosas e elogios da crítica internacional pela sua criatividade. Helbock idealiza e realiza projetos com riqueza de detalhes, pesquisa e elevado padrão artístico na interpretação. Realizou digressões de enorme sucesso nos EUA, Europa, Ásia, África, América Latina e Índia. O seu projeto em trio 'Random Control' parte da linguagem do jazz para experimentações surpreendentes com instrumentos de brincar e beatbox.

David Helbock: Piano, eletrónica, toy piano, melódica, percussão.

Johannes Bär: Trompete, tuba, beatbox, didgeridoo, eletrónica, percussão.

----------------

9 – Sexta – Pequeno Auditório do TMG

HAILEY TUCK

Já elogiada pelos seus concertos ao vivo e com as melhores críticas nas aclamadas revistas, Nylon, People Magazine e Marie Claire, e com performances na televisão ao lado de Björk, The Breeders, Diva Mahal e Jools Holland, a texana Hailey Tuck tem a missão de virar o jazz de cabeça para baixo. Com uma voz doce e quente que é já comparada a uma mistura de Billie Holliday com Amy Winehouse, um look vintage e uma musicalidade entre o jazz vocal clássico, o cabaret e a pop, Hailey tem percorrido uma carreira de reconhecido sucesso artístico, de público e de crítica. Hailey Tuck apresenta-se com quatro músicos portugueses experientes em palco.

Hailey Tuck: Voz

João Monteiro: Baixo

Fábio Rodrigues: Bateria

Pedro Baião: Piano

João Carreiro: Guitarra

----------------

10 – Sábado – Pequenos Auditório do TMG

MOVA DREVA

Quarteto de ethno jazz que tem como ponto de partida a cultura folk Bielorussa, o coletivo Mova Dreva procura criar contos musicais baseados em canções quase desaparecidas: canções festivas, de chamamento da primavera e ciclos da natureza, cânticos de saudade e tristeza, de brincadeiras e casamentos, com arranjos jazzísticos. A ideia do projeto nasceu pela mão da pianista e cantautora Katerina L'dokova que investiga e recolhe música e costumes tradicionais do seu país natal. A partir deste conhecimento nasce uma identidade musical que junta à música tradicional influências do jazz, da música clássica, de estilos contemporâneos e de vanguarda.

Katerina L'dokova: Voz, piano e composição.

Diogo Duque: Trompete

André Sousa Machado: Bateria

Francesco Valente: Contrabaixo

----------------

15 – Quinta – Pequeno Auditório do TMG

ISABEL RATO QUINTETO

Isabel Rato é pianista, compositora, arranjadora e produtora na área do Jazz Português. Na sua música visita universos musicais que vão do jazz à música portuguesa. O conjunto de canções que estão presentes no último disco 'Histórias do Céu e da Terra', tem o seu foco principal na Língua Portuguesa e no Jazz. O disco foi considerado pela revista Jazz.pt como um dos melhores discos nacionais de Jazz de 2019. Isabel Rato tornou-se num dos nomes femininos mais destacados da nova geração de compositores portugueses na área do Jazz. Como líder do grupo tem formação e profundo interesse em várias áreas musicais. Sendo profundamente influenciada também pela música tradicional portuguesa e das músicas do mundo, Isabel Rato inspira-se para este disco e concerto em roupagens e sons das cores tradicionais.

Isabel Rato: Piano, composição e arranjos.

João David Almeida: Voz

João Capinha: Saxofone

João Custódio: Contrabaixo

Alexandre Alves: Bateria

----------------

Dia 16 – Sexta – Café Concerto do TMG

LISBON BERLIN QUARTET

Quarteto internacional liderado pelo guitarrista português Luís Lopes, o LBQ procura a fusão da improvisação jazz com a energia do rock. Recentemente este quarteto ganhou nova dimensão de texturas e harmonias com a entrada do pino elétrico Fender Rhodes de Rodrigo Pinheiro (RED Trio), instrumento que cria novas direções e fôlegos. Adição de valor para uma música que partindo de algumas ilações preciosas do jazz as aplica num discurso livre, para onde convergem o nervo, a distorção e ruminanço do rock e uma pulsação espiritual quase punk na entrega, a calcorrear novos caminhos nessas intersecções e planos de contacto, com escola nas costas mas em busca do agora.

Luís Lopes: Guitarra elétrica

Christian Lillinger: Bateria

Ingebrigt Håker-flaten: Contrabaixo

Rodrigo Pinheiro: Piano elétrico Fender Rhodes

----------------

Dia 17 – Sábado – Pequeno Auditório do TMG

ANTONIO FARAÒ TRIO

Concerto especial para o encerramento de ouro do Guarda in Jazz 2021. Antonio Faraò é um pianista italiano de jazz com larga carreira internacional desde o lançamento do seu disco de estreia em 1999. Colaborou com músico do calibre de Joe Lovano, Jack DeJohnette ou Bob Berg. Faraò é considerado pela crítica como um pianista de enorme e singular sensibilidade estética, de grande poder comunicacional e capacidade técnica. Especialmente para o Guarda in Jazz, faz-se acompanhar de dois grandes vultos do jazz português: o baterista Alexandre Frazão e o contrabaixista Nelson Cascais.

Antonio Faraò: Piano

Nelson Cascais: Contrabaixo

Alexandre Frazão: Bateria

----------------

Bilhete geral especial para todo o festival: 15 euros

Espetáculos de Grande Auditório: 10 euros

Espetáculos de Pequeno Auditório: 5 euros

Espetáculos de Café Concerto: Entrada livre

Mais informação e bilhetes aqui.

Imagem: E agora o Jazz! Guarda in Jazz em julho no TMG