Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

Município da Guarda adota medidas de contenção para a moderação do consumo da água

Informações e Serviços
07/09/2022
leitura do texto

Face ao contexto atual de seca que afeta o país e ao baixo nível apresentado pela Barragem do Caldeirão, que abastece a cidade e o concelho, o Município da Guarda adotou um conjunto de medidas de contenção para a moderação dos consumos de água no concelho.

A autarquia irá reduzir para 1/3 da área de rega nos jardins da cidade, podendo ser aumentada para o limite de 100% e irá deixar de repor água nas fontes decorativas da cidade.

No caso das piscinas municipais, irá diminuir a renovação ou reposição da sua água, até ao limite da manutenção dos parâmetros legais, e na eventualidade da situação se manter, poderá equacionar-se o seu encerramento. Nos espaços desportivos, haverá uma redução gradual do consumo, seja por rega ou por utilização dos balneários.

Será proibido o uso de água da rede pública em tanques e fontanários e será suspensa a lavagem de ruas e espaços públicos, contentores e outras atividades com grande consumo.

Sempre que solicitado pela Junta de Freguesia serão reativadas antigas captações para abeberamento animal.

A longo prazo e de forma prevenir o desperdício de água o município pretende reconverter os jardins de relva para jardins de arbustos apostando em plantas perenes, investir em sistemas de telegestão e rega inteligente e massificar a plantação de árvores.

Será, também, avaliada a execução de novos ramais de água em função do fim a que se destinam e alargado o sistema de telemetria e telegestão dos consumos para reduzir desperdício.

As águas residuais serão devidamente tratadas, nos termos regulamentares, para posterior utilização dos jardins.

Relativamente à recomendação do Governo para o aumento de tarifas aplicadas aos grandes consumidores domésticos, o município fará uma análise técnica adequada de forma a analisar outras possíveis formas alternativas de poupança de água atendendo ao fraco impacto no concelho.

O município da Guarda apela a todos os guardenses para o uso consciente e ponderado da água, para evitar desperdícios, e medidas mais apertadas. Um gesto de todos pode ajudar na mitigação na seca que se vive no concelho.

Imagem: Município da Guarda adota medidas de contenção para a moderação do consumo da água