Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

Cubus, uma estrutura única pensada pelos jovens da Guarda

15/09/2015
leitura do texto

A partir desta segunda-feira, dia 14 de setembro, a Guarda tem uma nova estrutura tecnológica a funcionar na cidade.

Depois de vários meses com propostas, debates de ideias e maquetas eis que surge na Guarda a estrutura Cubus. A ideia resulta do desafio da Câmara Municipal da Guarda no âmbito do Orçamento Participativo Jovem lançado, no início deste ano, à comunidade escolar.

Os agrupamentos de escolas da Sé e Afonso de Albuquerque e a Escola Profissional da Guarda aceitaram o repto e o resultado está agora à vista no Jardim Municipal do Largo Frei Pedro. Cubus é uma peça única de mobiliário urbano sustentável, resulta da combinação entre um banco de jardim e um sistema solar de carregamento de baterias, preparado para carregar telemóveis, computadores, tablets e outros equipamentos eletrónicos.

A estrutura reúne condições para o uso, em simultâneo, de quatro utilizadores, e terá ainda como valência quatro ecrãs que facultam informação audiovisual da autarquia. Para uma segunda fase fica a instalação de um hotspot naquela zona. A ideia é que os utilizadores da estrutura possam mesmo ter acesso wireless gratuito à internet.

Recorde-se que esta é a primeira edição do Orçamento Participativo Jovem da autarquia, uma iniciativa que pretende promover a responsabilidade individual e coletiva face aos desafios do desenvolvimento da cidade e concelho, motivando os jovens para uma cidadania ativa, e gerando um modelo mais próximo das necessidades e expetativas dos munícipes.

A estrutura Cubus teve um investimento de cerca de 10 mil euros para a sua concretização, valor inscrito no Orçamento Municipal de 2015.

Imagem: Cubus, uma estrutura única pensada pelos jovens da Guarda