Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

Gambozinos e ACERT apresentam espetáculo a partir de texto de Vergílio Ferreira

19/11/2015
leitura do texto

«Aceitei estar sozinho em palco para contar a história de uma solidão sofrida, um pai que perde um filho... E aceitei estar porque sabia que não ia estar sozinho. Fazer um espetáculo é um trabalho de equipa, é um ato de criação que compensa todas as perdas (as que narramos e as que sofremos), que nos projeta num futuro onde pela partida de alguém um outro regressa, pela morte de alguém um outro nasce... Parte Miguel vem Serafim...», escreve Pompeu José a propósito da nova Coprodução do Trigo Limpo – Teatro ACERT /Gambozinos e Peobardos – Grupo de Teatro da Vela que parte de um texto de Vergílio Ferreira e que se intitula 'Em memória – ou a vida inteira dentro de mim'.

O espetáculo sobe ao palco do Grande Auditório do TMG (caixa de palco) no sábado, dia 21 de novembro, numa coencenação de António Rebelo e Pedro Sousa.

«Desafio grande este, o de iludir, talvez por ser a primeira encenação que temos a cargo, talvez por ser a quatro mãos, talvez por ser um romance do Vergílio Ferreira e talvez por o ator ser o nosso Pompeu.

Fazer uma coprodução com a Acert era o ponto de partida. Um espetáculo onde as fronteiras não se distinguissem. Gambozinos e Peobardos e Acert, uma mistura homogénea de afetos e trabalho.

Vergílio Ferreira foi a escolha mais que perfeita. Um namoro antigo que esperamos que seja duradouro. O romance 'Até ao Fim', pelas suas caraterísticas e a sua temática de conflito/confronto de gerações, pareceu-nos que atualmente faria sentido mostrar, beliscar, intimidar e até mesmo questionar.», escrevem os encenadores sobre este espetáculo.

Bilheteira on line aqui.

Imagem: Gambozinos e ACERT apresentam espetáculo a partir de texto de Vergílio Ferreira