Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

Mercado Social: 90% de habitações projetadas por Siza Vieira já arrendadas

02/12/2015
leitura do texto

Na sequência da sessão realizada no passado mês de julho na Guarda, onde se anunciou o início do processo de arrendamento do empreendimento Monte Miranda, propriedade do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU), IP, 90% das habitações já estão arrendadas e muito possivelmente as restantes poderão vir a sê-lo até ao final do ano. A Guarda ganhou assim 23 habitações, no âmbito desta parceria IHRU e Autarquia, para arrendamento a preços acessíveis que variam entre os 175 e os 250 euros.

Recorde-se que este conjunto habitacional, projetado pelo arquiteto Siza Vieira, foi adquirido pelo IHRU, em meados de 2013, depois de um longo e complexo processo, do qual resultou a declaração de insolvência da Cooperativa Casa Jovem, promotora da obra, em que as habitações estiveram prontas e fechadas durante quase cinco anos. Depois de obtida a licença de utilização, em dezembro de 2014, o IHRU, realizou as obras necessárias à adequação das habitações aos fins a que se destinam, no seu interior e exterior, tendo havido a preocupação de se equipar as casas com caldeiras, dadas as condições climáticas particulares registadas na Guarda. O valor dos trabalhos de reabilitação do bairro rondaram os 80.000 euros.

O conjunto habitacional é constituído por 23 Habitações: cinco espaços T1, dez espaços T2 e oito espaços com T3.

Álvaro Amaro, Presidente da Câmara Municipal da Guarda, está satisfeito com a celeridade que este processo de arrendamento tomou assim que que o Municipio da Guarda chamou para si o papel de mediador, pois «Veio contribuir para a melhoria genérica das condições de vida e habitabilidade de mais de duas dezenas de famílias guardenses».

Imagem: Mercado Social: 90% de habitações projetadas por Siza Vieira já arrendadas