Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

Prémio Eduardo Lourenço é entregue na sexta, dia 1 de julho

27/06/2016
leitura do texto

Na sexta-feira, dia 1 de julho, decorrerá na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, na Guarda, pelas 15h00, a Sessão de Entrega do Prémio Eduardo Lourenço ao escritor Luís Sepúlveda.

A sessão contará com as intervenções do Presidente da Câmara Municipal da Guarda e Membro da Direção do Centro de Estudos Ibérico, Álvaro dos Santos Amaro, do Diretor Honorífico do CEI, Eduardo Lourenço e do Galardoado, Luís Sepúlveda. O elogio ao premiado estará a cargo do jornalista Fernando Paulouro Neves, que apresentou esta candidatura.

O Embaixador do Chile em Portugal e o Diretor da Porto Editora (editor de Luís Sepúlveda em Portugal) marcarão presença na sessão, entre outras individualidades.

O Prémio anual, que tem o nome do ensaísta Eduardo Lourenço, destina-se a galardoar personalidades ou instituições com intervenção relevante no âmbito da cultura e cooperação ibéricas.

O Júri reconheceu o trabalho do Luís Sepúlveda em louvor da Língua e da Cultura espanholas, fazendo da pátria idiomática, que tem a dimensão plurinacional de vários continentes, uma aventura criadora em que o Homem é a medida de todas as coisas. Considerando o espírito do Prémio e a dimensão de um diálogo ibérico alargado, inspirador da vida e obra, tanto do Patrono do Prémio como de Luís Sepúlveda, o Júri destacou ainda a expressão e difusão da obra do Autor, tanto em Portugal como em Espanha, tornando-o mediador da Cultura Ibérica.

O Prémio instituído pelo Centro de Estudos Ibéricos, no montante de 7.500,00€ (sete mil e quinhentos euros), destina-se a premiar personalidades ou instituições com intervenção relevante no âmbito da cultura, cidadania e cooperação ibéricas.

O Júri desta edição foi constituído pelos membros da Direção do Centro de Estudos Ibéricos (Presidente da Câmara Municipal da Guarda, Reitor da Universidade de Salamanca, que presidiu, e Reitor da Universidade de Coimbra) membros das Comissões Científica e Executiva do CEI e por personalidades convidadas: Dr. Guilherme Valente (Presidente do Conselho de Administração da Gradiva), indicado pela Universidade de Coimbra, Prof. D. Florencio Maíllo (Professor na USAL e pintor) e D. Ignacio Francia (jornalista do El País), indicados pela Universidade de Salamanca.

Personalidades de relevo de Portugal e Espanha já foram galardoadas nas anteriores edições: Maria Helena da Rocha Pereira, Professora Catedrática de Cultura Greco-Latina (2004), Agustín Remesal, Jornalista (2006), Maria João Pires, Pianista (2007), Ángel Campos Pámpano, Poeta (2008), Jorge Figueiredo Dias, Professor Catedrático de Direito Penal (2009) e César António Molina, Escritor (2010), Mia Couto, Escritor (2011), José María Martín Patino, Teólogo (2012), Jerónimo Pizarro, professor de Literaturas Hispânicas (2013), Antonio Sáez Delgado Professor e Investigador (2014) e Agustina Bessa Luís, escritora (2015).

Mais informações aqui.

Imagem: Prémio Eduardo Lourenço é entregue na sexta, dia 1 de julho