Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

Segunda edição da Feira Farta acontece dias 24 e 25 de setembro

30/08/2016
leitura do texto
A Câmara Municipal da Guarda promove, nos dias 24 e 25 de setembro de 2016, a segunda edição da FEIRA FARTA. Durante dois dias os visitantes vão conhecer o concelho da Guarda nas suas diversas vertentes com especial distinção na riqueza dos seus produtos agro-alimentares.

A envolvente do Mercado Municipal continua a ser o local escolhido para a realização desta iniciativa porque a Autarquia considera fundamental a ligação intrínseca ao Mercado Municipal.

Cores, sabores, cheiros e emoções misturam-se na Feira Farta, deixando-nos levar pelos sentidos num ambiente de pleno contacto com os melhores produtos da terra.

A edição da Feira Farta 2016, conta com uma tenda de 100 por 25 metros que acolhe as 43 freguesias do concelho da Guarda os seus produtores, uma zona de gastronomia, e um palco para a animação.

As Freguesias vão criar o seu próprio espaço tendo como ponto de partida os seus saberes, tradições ancestrais e práticas agrícolas tradicionais como a recriação da Taverna (En)Cantada, (reconstituição de um teatro tendo como cenário uma taberna), uma malhadeira, recuperação de músicas antigas bem como a construção de um forno a lenha típico para cozer pão e folares.

Em 2016 contamos com a participação de 43 Freguesias, 233 podutores (+ 23 do que 2015) e 412 produtos (+ 188 do que em 2015).

A Feira Farta contempla também um conjunto de degustações, em que as Juntas de Freguesia e os vendedores do Mercado Municipal apresentam um conjunto de verdadeiras iguarias.

A zona de Gastronomia é constituida por cinco espaços que são assegurados pelos cinco Bairros dos Santos Populares sendo um da responsabilidade da AcriGuarda que vai apresentar vários pratos com a carne jarmelista.

​Fomentar a valorização das nossas Freguesias, dos seus recursos e produtos continua a ser um dos principais objetivos da Feira Farta.

Este grande evento afirma-se como um motor de valorização da economia regional, procurando, para esse efeito, criar condições para o lançamento de novas formas de colaboração entre os vários atores regionais e nacionais, no sentido de valorizar o território e os seus produtos endógenos de excelência.

A ligação ao mundo rural e aos seus produtos locais, considerados hoje produtos de elevada qualidade, até de requinte, constituem um fator estruturante no desenvolvimento dos territórios rurais. Na origem da sua qualidade estão os saberes ancestrais e toda uma tradição que passou de geração em geração cabendo a todos nós a tarefa de os preservar e de os divulgar.

Nesta segunda edição a Câmara Municipal da Guarda continua a contar com a valiosíssima participação das 43 Juntas de Freguesias que, ao longo de 2 dias, trazem à cidade os seus produtos, tradições, gastronomia e muita animação.

Animação:

Coletividades do Concelho (participam no âmbito do Protocolo de colaboração com a Autarquia)

Grupo de Cantares da Arrifana | Grupo de Concertinas do Carapito S. Salvador |Rancho Folclórico de Videmonte |Grupo de Cavaquinhos dos Trinta |Centro Cultural da Guarda |Grupo de Cantares da Faia.

Grande aposta em duas áreas de animação:

No dia 24, às 21h00, sobe ao palco uma revista de comédia musical 'E porque não emigras?' (com Patrícia Candoso, Carlos Areia, Marta Fernandes, Paulo Patrício e Rosa Soares).

No dia 25, às 18h00, decorrerá um Concerto com o Marco Paulo.

A FEIRA FARTA pretende ser uma iniciativa envolvente, criando um conjunto de redes e sinergias, que permitam a consolidação e o desenvolvimento do território.

Imagem: Segunda edição da Feira Farta acontece dias 24 e 25 de setembro