Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

Município da Guarda alerta para a limpeza de terrenos

04/05/2017
leitura do texto
A sua Autarquia recomenda

Se é proprietário florestal e os seus terrenos se inserem numa faixa de 100m em redor dos aglomerados populacionais ou numa faixa de 50m em redor de uma habitação, estaleiro, armazém, oficina ou fábrica, é obrigatório, ao abrigo do disposto no Decreto-Lein.º 124/2006 de 28 de junho, que proceda à limpeza do terreno através do corte do mato e da desramação ou corte de algumas árvores existentes até 15 de abril de cada ano.

Nos espaços florestais utilize máquinas ou tratores equipados com dispositivos de retenção de faíscas, tapa chamas, nos tubos de escape ou chaminés e extintores.

A realização de queimada para renovação de pastagem e restolho ou eliminação de sobrantes cortados mas não amontoados requer licença da Autarquia. Se pretende fazer uma queima de sobrantes cortados e

amontoados ligue para o 117. Não acumule material combustível junto às edificações, tais como botijas de gás, lenhas, restos agrícolas

ou florestais.

Mantenha sempre, em lugar de fácil acesso, algumas ferramentas como enxadas, pás ou mangueiras, que poderão ser úteis caso um incêndio se aproxime da sua casa.​

A floresta é um bem precioso

Ela ajuda a manter a qualidade do ar, na manutenção do ciclo da água e estabilidade do clima. É o habitat natural de muitas espécies animais e vegetais e fonte de matérias-primas como a cortiça, resina, madeira

entre outros, desempenhando ainda importantes funções na fixação do solo. Tudo isto é posto em causa quando ocorre um incêndio. Por isso, é fundamental todos nós termos consciência da importância das florestas e começarmos rapidamente a lutar pela sua preservação!

A Câmara Municipal da Guarda informa que irá proceder à execução de rede secundária de defesa da floresta contra incêndios com a limpeza de faixas de 10m para cada lado da Rede viária Municipal em toda a área territorial do Concelho – 393,6 km (787,2 ha).

As ações de silvicultura que se propõe realizar nas faixas indicadas permitirão a redução da carga combustível existente e a consequente diminuição de risco de incêndio. A obrigação legal da Câmara Municipal nesta matéria será assim cumprida através da prestação de serviço agora apresentada.

EM CASO DE DÚVIDAS, CONTACTE

Câmara Municipal da Guarda 271 220 200

Gabinete Técnico Florestal 271 220 261

Serviço Municipal de Proteção Civil 271 220 713

Bombeiros Voluntários da Guarda 271 222 115

Bombeiros Voluntários de Gonçalo 275 434 228

Bombeiros Voluntários de Famalicão 275 487 700

Guarda Nacional Republicana 271 210 630

Polícia de Segurança Pública 271 222 022

Autoridade Nacional de Proteção Civil 271 210 830

Inst. de Conserv. da Natureza e das Florestas 271 208 409

A Junta de Freguesia da área da sua residência

Imagem: Município da Guarda alerta para a limpeza de terrenos