Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

Cristais de croché e tricô dão novo colorido à Cidade Natal

05/12/2014
leitura do texto Galeria

​Nesta quadra natalícia a exposição/ instalação urbana de crochê e tricô “Pontos de Cristal” vai dar novo colorido ao Jardim do Largo Frei Pedro e a algumas árvores do Largo João de Almeida (Junto à igreja da Misericórdia” na cidade mais alta. A iniciativa partiu da autarquia da Guarda que decidiu desafiar as Instituições de Solidariedade Social, suas parceiras sociais, a “vestir” as árvores com cristais de gelo coloridos, feitos em croché e tricô com linhas e lãs.

Assim, associaram-se a esta iniciativa mais de duas dezenas de instituições do concelho, parceiros sociais do Conselho Local de Ação Social da Rede Social da Guarda - Guarda+65. São elas: a Associação de Desenvolvimento e Melhoramentos - ADM – Estrela; a Associação Cultural e Social da Freguesia das Panoias; a Associação de Melhoramentos de Aldeia Viçosa; a Associação, Cultural Social e Recreativa da Sequeira; a Associação da Aldeia do Bispo; a Associação de Fernão Joanes; a Associação dos Amigos do Albardo; a Associação de Beneficência, Cultural e Desporto de Trinta; o Centro Social e Paroquial da Nossa Senhora da Conceição – Castanheira; a Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados Guarda – CERCIG; a Casa de Saúde Bento Menni; o Centro de Melhoramentos de Videmonte; a Casa Sagrada Família; a Cáritas Diocesana da Guarda – Cáritas Portuguesa; a Associação de Surdos da Guarda - Despertar do Silêncio; a EAPN (European Anti Poverty Network) Rede Europeia Anti - Pobreza Portugal – Núcleo da Guarda; a Fundação Augusto César Ferreira Gil; a Fundação São João de Deus; o Núcleo Desportivo Social – NDS; o Núcleo Empresarial da Região da Guarda – NERGA; o Programa de Fortalecimento Familiar S.O.S Guarda – Aldeias de crianças S.O.S Portugal; e a Re-food – Guarda.

Para além de embelezar a cidade, esta ação teve como objetivo o envolvimento da comunidade, nomeadamente dos munícipes mais idosos. A ideia é contribuir para promover a criatividade artística, desenvolver a capacidade de atenção e concentração, promover a estimulação cognitiva e a motricidade; combater o isolamento social e promover a inclusão; partilhar conhecimentos e técnicas, mas também criar um novo sentimento de pertença para com o espaço urbano, para com a sua cidade.

Esta instalação está inspirada no chamado movimento Yarn bombing que surgiu na Holanda na década passada e que entretanto se espalhou por todo o mundo. Trata-se de um tipo de arte de rua que utiliza peças coloridas para intervir no meio urbano, é um movimento criado por fãs de croché e de tricô que consiste em decorar as ruas com peças feitas nessas técnicas.

O Yarn bombing tem como objetivo personalizar ambientes públicos e devolve-los com uma outra abordagem à cidade, inspirando-se em técnicas que haviam caído em desuso como o tricô e o croché, sublinhando a importância de preservar tradições, reinventando-as e transformando estas ações em iniciativas integradoras, e até terapêuticas.

Imagem: Cristais de croché e tricô dão novo colorido à Cidade Natal

Imagem: 105.jpg
Imagem: 102.jpg
Imagem: 107.jpg
Imagem: 110.jpg
Imagem: 109.jpg
Imagem: 108.jpg
Imagem: 113.jpg
Imagem: 101.jpg
Imagem: 111.jpg
Imagem: 104.jpg
Imagem: 114.jpg
Imagem: 112.jpg
Imagem: 106.jpg
Imagem: 103.jpg