Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

Multinacional COFICAB investe 30 milhões de euros na Guarda

09/02/2018
leitura do texto

A multinacional de origem tunisina, COFICAB, vai abrir uma nova unidade Industrial na Guarda num investimento de 30 milhões de euros que criará perto de 300 postos de trabalho. O novo projeto irá funcionar na Plataforma Logística da Guarda e irá dedicar-se ao desenvolvimento de cabos para automóveis com a tecnologia 4.0. A COFICAB – ECAD deverá começar a laborar em maio de 2019. O anúncio foi feito pela empresa na cerimónia de escritura pública de aquisição dos lotes (28 000 metros quadrados) que decorreu ontem (8 de fevereiro) na Guarda.

Uma boa notícia para a Economia da Guarda. É que a «Economia da Guarda é a Economia do país», referiu na cerimónia o presidente da Câmara, Álvaro Amaro. O autarca espera que a COFICAB sirva de exemplo a outras empresas e ao próprio Estado português, «que se veja neste caso da COFICAB um bom exemplo para que as empresas e o emprego aumentem na Guarda e noutras regiões do interior do país. Porque é assim que se desenvolve o território de uma forma equilibrada.» Para o edil, este investimento é estratégico e fulcral «ainda por cima, num cluster tão importante como o da indústria automóvel, neste caso na área das cabelagens e da investigação, que pode potenciar o emprego especializado envolvendo também as universidades e os politécnicos destas regiões».

A COFICAB – ECAD terá por base o desenvolvimento tecnológico em três vertentes: Eletrificação, Conectividade e Condução Autónoma. Esta nova unidade industrial que será criada na Guarda é um importante investimento da Multinacional que atualmente trabalha com as principais marcas de automóveis do mercado e que tem na Guarda, incluindo este novo projeto, cerca de 100 milhões de investimento. A primeira unidade fabril que o grupo instalou na cidade mais alta foi na década de 90 e depressa se tornou numa das mais importantes do grupo. Hichem Elloumi, CEO da COFICAB referiu que o grupo «investe na Guarda desde 1993 e tem sido um sucesso. A Guarda é para nós, também, a porta de entrada para o nosso desenvolvimento global e tecnológico. Por isso, hoje somos os líderes na produção de cabos para a indústria automóvel. Estamos presentes em quatro continentes com 12 fábricas, da China aos Estados Unidos. A Guarda foi mesmo muito importante para o nosso sucesso». A nova unidade industrial é da autoria do arquiteto João Madalena (da Guarda) que venceu um concurso de ideias promovido pela COFICAB e ao qual concorreram quatro candidatos/ateliês.

SONAE abre nova loja investindo 5 milhões

Também ontem, 8 de fevereiro, abriu na Guarda uma nova superfície comercial, na Av. de São Miguel. Trata-se do 'Continente Bom Dia', uma loja de proximidade que corresponde a um investimento do Grupo SONAE de mais de 5 milhões de euros e que criou cerca de 60 postos de trabalho.

A loja tem uma área total de 2 780 metros quadrados, com 1400 de área de venda. A loja está dotada de Cafetaria, uma Área de Saúde e instalações sanitárias de apoio a clientes.

Imagem: Multinacional COFICAB investe 30 milhões de euros na Guarda