Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

Município assina protocolo com a Orquestra Filarmónica Portuguesa

26/11/2018
leitura do texto

Tendo como objetivo o aumento da oferta artística e cultural da Guarda, o fomento e atração de novos públicos e o desenvolvimento de estratégias de promoção internacional da cidade e da região, o Município da Guarda avança com um protocolo de colaboração com a Orquestra Filarmónica Portuguesa que possibilitará a criação de uma Orquestra Académica com sede na Guarda e em articulação estratégica com as escolas de música e instituições de ensino artístico do concelho da Guarda. O protocolo será assinado no dia de aniversário da cidade da Guarda, 27 de novembro. O Município pretende assim apostar num projeto de dimensão nacional e internacional que tem como principal missão a formação dos jovens mais talentosos do país, assumindo-se como um veículo de aprendizagem que contribua validamente para o sistema educativo e formativo local para as artes e que desenvolva e provoque os talentos, e crie relações duradouras com a comunidade. Trata-se de um projeto que se revela adequado ao desenvolvimento da estratégia que a Câmara Municipal pretende prosseguir e, em particular, à que está a ser desenvolvida no quadro da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura.

Paralelamente, na mesma sessão, a Câmara da Guarda fará a apresentação do projeto para as obras de melhoramento dos acessos interedifícios do Teatro Municipal da Guarda (TMG). A construção de um acesso pedonal coberto entre o Parque de Estacionamento e a entrada principal do TMG, permitirá a ligação coberta entre os dois edifícios deste importante equipamento cultural. Uma obra já a decorrer e que há muito era solicitada pelo público do TMG e cujo autor é o mesmo arquiteto que concebeu o Teatro, o guardense, Carlos Veloso.

Imagem: Município assina protocolo com a Orquestra Filarmónica Portuguesa