Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

Guarda-me: uma rota para fazermos juntos

26/11/2018
leitura do texto

O Município da Guarda aposta numa nova campanha de promoção da cidade, concelho e região. No dia do seu 819º Aniversário de foral, a cidade mostra-se ao país e à região vizinha de Castela e Leão.

'Guarda-me: Uma Rota para Fazermos Juntos' é a assinatura escolhida para esta campanha. Uma rota que tem na cidade mais alta o ponto de partida mas também como ponto de chegada. Com o turismo a aparecer como um dos setores em crescimento na economia do país e com a região Centro a surgir como a que mais cresceu neste setor em 2018, o Município da Guarda aposta na genuinidade do território, divulgando a Guarda como um destino de muitas experiências.

Para além de se encontrar no centro do país, o que a torna uma zona de fácil acesso, de norte a sul, e de ser uma boa porta de entrada para Portugal, a Guarda tem à sua volta uma enorme diversidade de atrações turísticas, sendo possível visitar desde aldeias históricas a judiarias, desde praias fluviais a uma estância de ski e sempre com uma gastronomia rica, onde quer que estejamos. A Guarda tem todas estas potencialidades por isso surge esta marca, uma assinatura para promover a cidade como ponto de partida para experiências memoráveis. A Guarda alia Natureza, Cultura, Gastronomia, Saúde e Lazer, promovendo conhecimento e bem-estar, proporcionando experiências diferentes e únicas.

A campanha estará a partir de hoje nos jornais, outdoors e mupis por todo o país e marcará presença sobretudo online, através de uma campanha também de marketing digital, nomeadamente nas redes sociais Facebook e Instagram e do sítio web: www.guardame.pt. Estas plataformas servirão de barómetro, direcionando e captando novos fluxos turísticos para a cidade, concelho e região, numa lógica de território, à semelhança do trabalho coletivo da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura em 2027.

Esta é uma campanha direcionada para quem procura novos destinos. O turismo reinventou-se, longe dos convencionais padrões industrializados. O turista procura experiências turísticas mais humanas e mais autênticas: a Guarda tem tudo isso:

«Acorda-me cedo. Mas devagarinho, que hoje temos tempo. E para onde vamos, tempo é coisa que não falta. Leva-me à terra mais alta de Portugal, onde se respira a mais pura natureza. A terra que está sempre perto e onde estamos perto de muita coisa boa. Dá-me a tua mão. Leva-me por trilhos de pastores, que nos contam lendas de castelos. Vamos ver arte rupestre. Quero neve. Quero sol e mergulhar no rio. Depois, seguir a corrente até uma das aldeias históricas, onde as pessoas guardam as tradições no coração. E ao fim do dia, sentar-me à mesa e saber a que sabe a Guarda.»

Imagem: Guarda-me: uma rota para fazermos juntos