Município da Guarda

Imagem: Informação da versão beta

Município da Guarda

Quartet Slavey [Búlgária] na Sé - Semana Santa - Cultura e Fé

10/04/2019
leitura do texto

​Na terça, dia 16 de abril, a Sé da Guarda será palco para o recital do quarteto de vozes búlgaro, Quartet Slavey. O concerto tem entrada livre e terá início às 21h30. O grupo, fundado pela cantora Nadka Karadjova, traz à catedral um reportório com temas religiosos da Igreja Eslava do século XIV ao século XX. Uma iniciativa que integra o programa do ciclo Semana Santa – Cultura e Fé.

O Quarteto Slavey foi fundado em 1991 por Nadka Karadjova, cantora folk mundialmente famosa.

Integram o quarteto Svetla Karadjova - filha de Nadka Karadjova e maestrina de formação, Kristina Karamfilova, Lilyana Galevska e Vanya Vakari - profissionais com vasta biografia artística.

As características do timbre vocal das cantoras - soprano, mezzo-soprano, alto e contralto, a par do domínio de uma técnica invulgar que sustenta a precisão e equilíbrio das suas vozes, permitem uma perfeita harmonia e, ao mesmo tempo, são vozes quentes, sedutoras, que encantam quem as escuta.

O Quarteto apresenta nos seus concertos um programa de música tradicional e folclórica da Bulgária com arranjos originais de alguns dos melhores compositores búlgaros e em eventos solenes um outro programa com temas religiosos da Igreja Eslava do século XIV ao século XX.

O grupo já realizou mais de 3000 concertos ao longo dos seus 28 anos de história em teatros, festivais, catedrais e concertos ao ar livre, em França, Itália, Bélgica, Espanha, Portugal, Eslovénia, Eslováquia, Áustria, Suíça, Itália, Hungria, Polónia, EUA, Rússia, República Checa, Grécia, Ucrânia, Bósnia e Herzegovina, Alemanha, Holanda, Noruega, Suécia, Dinamarca, Finlândia, bem como Japão, Índia, Nova Caledónia, Guadalupe, Canadá, Argélia, etc. Participou em projetos com famosos cantores pop búlgaros e estrangeiros e em bandas sonoras de produções de Hollywood.

Imagem: Quartet Slavey  [Búlgária] na Sé - Semana Santa - Cultura e Fé